Bem-estar

Como ter uma vida saudável?

Publicado em:

18/10/2022

Atualizado em:
18/10/2022
Pessoa enrolando um tapete de exercício e pesos

Como ter uma vida saudável é um questionamento que muita gente tem. Quem não gostaria de acordar todos os dias antes do sol, meditar, fazer exercício físico, tomar um café da manhã de rei, entregar o melhor rendimento no trabalho e, à noite, ter a disposição e o humor intactos para o Happy Hour? Na vida moderna, essa rotina dos sonhos às vezes parece estar fora de alcance. A quantidade de compromissos e os contratempos do cotidiano não são poucos, e as formas de distrair do foco são muitas.

Ter uma vida saudável é um processo. Uma sequência de novos bons hábitos incluídos na rotina é o que vai trazer um resultado sólido a médio e longo prazo: mais energia, mais autoconfiança, melhor poder de raciocínio e seus frutos. Nesse artigo, você vai descobrir que há hábitos de vida saudável muito simples de implementar e como a medicina do estilo de vida pode te ajudar a chegar lá. Confira a seguir:

  • Quais hábitos alimentares são bons para a saúde? Estilo de vida saudável depende da alimentação
  • Qual a importância da atividade física para uma vida saudável?
  • Estilo de vida saudável também inclui boas relações profissionais, familiares e afetivas
  • Mudanças de hábitos alimentares: ao longo do tempo, quais benefícios surgem?
  • Como a medicina do estilo de vida pode ajudar na construção de novos hábitos

Quais hábitos alimentares são bons para a saúde? Estilo de vida saudável depende da alimentação

O que é alimentação saudável para você? Muitas pessoas vão pensar em receitas fit, em cortar comida industrializada do cardápio, parar de frequentar fast foods, diminuir o consumo de carne - principalmente a vermelha - e recusar doces. Tudo isso está correto, mas uma dieta saudável de verdade vai além dessas sentenças que a maior parte das pessoas já sabe, ainda que muitos não consigam ter disciplina para implementá-las na vida prática. Bons hábitos alimentares são a base para um estilo de vida saudável, não há como negar, mas a definição de alimentação saudável também deve considerar as necessidades nutricionais, costumes e gostos de cada indivíduo. Afinal, a alimentação também deve ser uma fonte de prazer para ser considerada boa para a saúde. O pulo do gato está em fazer com que escolhas adequadas para o bom funcionamento do organismo também sejam agradáveis ao paladar.

Tomar um café da manhã saudável diariamente é um hábito que todas as pessoas devem ter, crianças ou adultos. Se a primeira refeição do dia tiver o aporte de nutrientes adequado a cada organismo, o metabolismo vai funcionar melhor, assim como a função cerebral. Vale lembrar que essa refeição quebra o jejum involuntário feito durante a noite: enquanto dormimos, continuamos gastando energia para manter as funções vitais. Um dos benefícios de um café da manhã balanceado é, portanto, controlar o nível de açúcar no sangue, sendo uma das maneiras mais simples de como evitar diabetes. Pão integral, frutas, queijos magros como a ricota, iogurte natural, tapioca, aveia, ovo, oleaginosas… todos esses alimentos podem ser ingeridos pela manhã, e o ideal é montar um novo cardápio saudável a cada dia, para ter variedade alimentar.

No almoço e no jantar, separe metade do prato para folhas e legumes variados, in natura ou preparados com óleos vegetais saudáveis, como o azeite de oliva extra virgem, por exemplo. São as hortaliças que fornecem a maior parte das vitaminas que o corpo precisa para funcionar bem, além de garantirem saciedade até a próxima refeição. Escolha uma fonte de proteína - que não precisa ser animal - e complete o prato com cereais e leguminosas: a dupla arroz e feijão nunca decepciona! Para preparar todas essas refeições, dê preferência a ingredientes orgânicos, da estação e com produção local. Assim, seu prato fica mais nutritivo sem causar impacto ao meio ambiente. Isso é ter um estilo de vida saudável!

Qual a importância da atividade física para uma vida saudável?

Não existe vida saudável sem exercícios físicos! Seja para aumentar a disposição no dia a dia ou para ter mais longevidade, a prática de esportes ou até mesmo de atividades mais simples, como a caminhada, tem impacto profundo na saúde humana. Um artigo publicado no British Journal of Sports Medicine mostra que fazer de 30 a 60 minutos de exercícios para fortalecimento muscular por semana diminui de 10% a 20% o risco de desenvolver problemas cardíacos, câncer e diabetes, e de morte precoce por qualquer causa. Combinar exercícios que envolvam peso, resistência ou força com práticas aeróbicas amplia as porcentagens: esses indivíduos teriam 46% menos incidências de doenças cardíacas e menos 28% de chances de morte por câncer. Já a probabilidade de morte prematura fica 40% menor. A pesquisa analisou 16 estudos prévios e depoimentos de 480.000 participantes. Combinar o trabalho aeróbico ao muscular nos faz chegar mais perto da atividade exercida por nossos ancestrais.

Levantamento de peso, musculação, natação, corrida, dança, yoga… basta escolher as atividades que mais combinam com a sua personalidade e iniciar uma rotina de exercícios baseada na sua capacidade atual. Comece aos poucos: como mostra a pesquisa, 30 minutos semanais já fazem diferença. Se a prática for diária, apenas 5 minutos de foco total por dia já vão te colocar no caminho de um estilo de vida saudável. O mais aconselhável é ir aumentando gradativamente o tempo dedicado aos exercícios, o que vai acontecer naturalmente se for algo que você realmente goste de fazer.

O espaço onde os exercícios serão realizados não importa: é possível ter resultados perceptíveis praticando em casa ou em academias. No entanto, algumas pessoas podem se sentir mais motivadas com esportes coletivos, onde também há oportunidade de criar laços de amizade importantes para a saúde mental e emocional. No livro “O Poder do Hábito”, o autor Charles Duhigg afirma que “(...) há algo de poderoso em grupos e experiências compartilhadas”. E continua: “As pessoas talvez sejam céticas sobre a sua capacidade de mudar se estiverem por conta própria, porém um grupo pode convencê-las a suspender a descrença. Uma comunidade cria fé”. Quem sabe não é uma boa ideia para você?

Estilo de vida saudável também inclui boas relações profissionais, familiares e afetivas

Os relacionamentos também têm sua importância enquanto pilares de uma vida saudável. A começar com a autopercepção, a autorresponsabilidade e o autocuidado: a qualidade dos pensamentos sobre nós mesmos depende muito da forma como gerimos o estilo de vida, as metas que criamos e os objetivos que atingimos. Um bom exercício é a “Técnica do Espelho”, em que olhamos nosso reflexo enquanto dizemos frases motivadoras. Às vezes, uma conversa franca consigo mesmo é tudo o que você precisa!

O olhar para si é fundamental, tanto quanto olhar de forma empática para o outro. Construir e manter relações saudáveis é desafiador e faz com que, muitas vezes, nossas fragilidades fiquem mais expostas. Algumas pessoas, ao longo da vida, constroem barreiras em torno de algumas emoções e falar sobre elas - ou sobre qualquer assunto que as desperte - pode ser desconfortável. Mas as recompensas valem a pena: a psicóloga canadense Susan Pinker foi até a ilha da Sardenha, na Itália, conhecer algumas Zonas Azuis - comunidades conhecidas pela longevidade de sua população - e descobriu que há um forte senso de união e cooperação entre os idosos com mais de 100 anos. O resultado de sua pesquisa se transformou no livro “The Village Effect: Why Face-to-face Contact Matters”, publicado em 2014.

Complementar o “bom dia” com um sorriso, segurar a porta do elevador, chegar no horário marcado, recordar datas importantes, comparecer à eventos sociais - como aniversários e casamentos - e permitir que outras pessoas façam parte do nosso universo é uma maneira de como ter uma vida saudável no âmbito afetivo. A comunicação, como você pode imaginar, é uma peça chave para que o contato social exista e também coexista com nossas necessidades pessoais de espaço, concentração e solitude. Em outras palavras, não é preciso - e nem saudável - passar por cima dos momentos em que ficar só parece a melhor opção e se obrigar a socializar. Como o inverso também é verdadeiro, apostar no equilíbrio é a saída. Que tal organizar uma agenda?

Mudanças de hábitos alimentares: ao longo do tempo, quais benefícios surgem?

Cuidar primeiro de melhorar os hábitos alimentares é uma decisão estratégica no processo de como ter uma vida saudável. Hipócrates, o pai da medicina, na antiguidade já dizia: “Somos o que comemos”. E, seja do ponto de vista biológico, químico ou até mesmo político, é verdade. Como a mudança de hábitos alimentares será incorporada ao dia a dia do indivíduo, varia caso a caso. Para alguns, um detox completo pode ser a virada de chave perfeita. Para outros, uma redução gradual de industrializados - mas ainda mantendo carne vermelha na dieta - por exemplo, pode ser o caminho mais efetivo. Mudanças de hábitos alimentares ao longo do tempo sempre vão acontecer, inclusive porque a variação do cardápio saudável é importante para o paladar e para receber nutrientes diferentes. Basta saber a direção certa a seguir. Conquistando uma alimentação saudável, é mais fácil incorporar outros hábitos saudáveis à rotina:

Dormir bem: se manter em algum estágio de sono por um período entre 7h e 8h por noite, de preferência indo deitar e levantando cedo todos os dias parece algo impossível? Experimente não ingerir cafeína depois do almoço e, ao cair da noite ou o mais próximo disso possível, baixar as luzes, colocar o smartphone longe do quarto e tentar descansar. Pode demorar para o sono chegar no primeiro dia, mas com constância é possível progredir.

Beber mais água: manter por perto uma garrafinha de água feita de vidro ou metal vai te hidratar, melhorar a digestão, e ajudar a limpar toxinas do organismo. Uma boa ideia é saborizar a água com rodelas de gengibre e limão e, assim, ainda garantir algumas vitaminas. Ir mais vezes ao banheiro é uma grata consequência: nunca deixe de atender aos chamados da natureza.

Fazer mais o que gosta: faz parte de um estilo de vida saudável reservar um tempo na agenda para si mesmo e cultivar hobbies. Ler livros, pintar, cozinhar e escrever são atividades que qualquer pessoa pode tentar. Dá até mesmo mesclar o lazer com exercícios e sair para dar uma volta de bicicleta ou para correr. Mas é preciso ter compromisso: não vá faltar ao encontro com você mesmo!

Como a medicina do estilo de vida pode ajudar na construção de novos hábitos

Quem nunca tentou promover uma mudança de hábitos alimentares ou fazer outras alterações na rotina em busca de um estilo de vida saudável mas não conseguiu seguir por muito tempo as próprias determinações que atire a primeira pedra. A transformação de hábitos não é algo fácil: requer disciplina, paciência, compromisso, objetivos claros e, muitas vezes, apoio profissional. É aí que entra a medicina do estilo de vida, uma abordagem de saúde que enxerga o ser humano como um todo e busca promover equilíbrio físico, mental e emocional. Diferentemente das especialidades médicas tradicionais, a medicina do estilo de vida pode ser comparada a um tratamento terapêutico, com o diferencial de ser multidisciplinar: em vez de consultar separadamente um nutrólogo ou nutricionista, um psicólogo e um preparador físico, você pode encontrar soluções personalizadas em uma só consulta. 

É assim com a Liti Saúde: pelo seu smartphone, sem precisar sair de casa, você terá atendimento 24h para sanar qualquer dúvida sobre como ter uma vida saudável, além de poder monitorar seu metabolismo toda semana e acompanhar seus progressos. Fernando Vilela, profissional de marketing que sempre teve um dia a dia corrido, parou deixar a própria saúde em segundo plano quando passou pelo processo da Liti e define a experiência de forma divertida: “Não é um lava rápido que você entra e sai outra pessoa, é um processo diagnóstico de reeducação alimentar”. Segundo ele, os resultados surgem bem rápido: “Mais do que perder gordura, você começa a dormir melhor, a se sentir melhor, a ter muito mais disposição. A cada dia você passa a ter mais autoconhecimento e domínio sobre si mesmo, a entender o quanto é importante que seu metabolismo esteja na melhor forma para levar a sua vida intensa”. Comece agora mesmo sua jornada para uma vida repleta de bons hábitos!

Dificuldade em perder peso, cansaço excessivo, falta de disposição?
Conheça a experiência LitiHomem-preparando-uma-salada
Quer saber mais sobre o tema:
Bem-estar
?
Newsletter Assuntos em Alta
Mulher-abrindo-liti-box
Seu copiloto para um novo estilo de vida
Conte com um cuidado contínuo para perder peso e viver com saúde.
Conheça a Liti
Descubra o plano para você
Liti Saúde

Escrito por

Liti Saúde
logo-spotifylogo-instagramlogo-youtubelogo-linkedin
Logo-liti
CNPJ: 41.932.733/0001-41
descubra o plano para você