Exercício físico

Crioterapia: entenda como auxilia a sua musculatura

Publicado em:

17/1/2024

Atualizado em:
17/1/2024
Cubos de gelo

A crioterapia, conhecida também como terapia com frio, é uma técnica que se vale da exposição ao frio para tratar lesões e promover a recuperação muscular. Ela pode ser aplicada de diversas maneiras, desde bolsas de gelo e banhos de gelo até câmaras de crioterapia de corpo inteiro.

Como a Crioterapia Auxilia a Musculatura:

1. Redução da Inflamação e Inchaço: A aplicação de frio causa vasoconstrição, o que reduz o fluxo sanguíneo para a área afetada, diminuindo o inchaço e a resposta inflamatória decorrente das microlesões musculares que podem ocorrer durante exercícios intensos.

2. Alívio da Dor: O frio pode diminuir a atividade neural, resultando em efeitos analgésicos que ajudam a aliviar a dor.

3. Recuperação Acelerada: Ao aliviar a dor e a inflamação, a crioterapia pode contribuir para a redução do tempo de recuperação entre treinos, permitindo um retorno mais rápido à atividade física.

4. Redução de Espasmos Musculares: O frio pode ajudar a relaxar os músculos, reduzindo espasmos ou tensão muscular.

5. Reparo Tecidual: A crioterapia pode diminuir o metabolismo celular, o que potencialmente retarda a degeneração das células e facilita o processo de reparo e cura tecidual.

Diretrizes para Uso da Crioterapia:

Tempo de Aplicação: Uma sessão de crioterapia geralmente deve durar entre 15 a 20 minutos para ser eficaz e evitar danos à pele.

Frequência: Pode ser aplicada várias vezes ao dia nas primeiras 48 horas após a lesão ou exercício intenso.

Proteção: Sempre use uma barreira (como uma toalha ou pano) entre o gelo e a pele para evitar queimaduras frias.

Método: A crioterapia pode ser aplicada localmente, em áreas específicas, ou sistemicamente, em todo o corpo.

Técnica: O frio também pode ser aplicado em movimento (massagem com gelo) ou em repouso (imersão ou bolsas de gelo).

Precauções:

Condições Preexistentes: Indivíduos com certas condições médicas (como doenças vasculares periféricas, neuropatias, ou reações alérgicas ao frio) devem ter cautela ou evitar a crioterapia.

Prevenção de Lesões: Pessoas não devem se submeter a frio intenso por tempo prolongado para evitar riscos de congelamento.

Acompanhamento Profissional: É sempre aconselhável buscar orientação de um fisioterapeuta ou outro profissional de saúde ao usar crioterapia para garantir aplicação adequada e segura.

Dificuldade em perder peso, cansaço excessivo, falta de disposição?
Conheça a experiência LitiHomem-preparando-uma-salada
Newsletter Assuntos em Alta

Conclusão:

A crioterapia é uma técnica complementar valiosa para atletas e pessoas fisicamente ativas que buscam alívio para a dor muscular, redução da inflamação e aceleração da recuperação. Deve ser usada com cautela e sob orientação profissional, considerando as necessidades e condições de saúde individuais.

Newsletter Assuntos em Alta
Mulher-abrindo-liti-box
Seu copiloto para um novo estilo de vida
Conte com um cuidado contínuo para perder peso e viver com saúde.
Conheça a Liti
Descubra o plano para você
Liti Saúde

Escrito por

Liti Saúde
Artigo em revisão médica
logo-spotifylogo-instagramlogo-youtubelogo-linkedin
Logo-liti
CNPJ: 41.932.733/0001-41
descubra o plano para você