Alimentação saudável

Metabolismo lento: o que significa e como tratar

Publicado em:

4/11/2022

Atualizado em:
9/2/2024
Pessoa com sobrepeso medindo-se

Descubra o que significa metabolismo, os motivos que o tornam lento e como um estilo de vida saudável pode melhorar o funcionamento do seu corpo.

Na busca por alternativas para emagrecer, muitas pessoas acabam desconfiando de ter o metabolismo lento. Cansaço, desânimo, sono, sensação de fome constante e dificuldade para perder peso são alguns sinais e sintomas relacionados ao “metabolismo lento”. Primeiro vamos entender o que significa metabolismo, o que é catabolismo e anabolismo e como eles se complementam e, claro, quais são os hábitos que impactam esses processos. Já podemos adiantar que um estilo de vida saudável é fundamental para o funcionamento adequado do metabolismo de qualquer pessoa.

  • O que significa metabolismo?
  • O que é metabolismo lento?
  • Metabolismo lento: quais são os sintomas 
  • O que fazer para acelerar o metabolismo?

O que significa metabolismo?

Cintura

Metabolismo é um termo que engloba todo o trabalho realizado pelas células do nosso corpo. É o conjunto de reações que ocorrem no corpo para que ele desempenhe todas as funções de que necessita.A maior parte desse trabalho compreende a movimentação de moléculas para dentro e para fora das nossas células e a transformação delas em outras formas moleculares. Estas foram denominadas de acordo com suas características: hormônios, enzimas, neurotransmissores, até mesmo o nosso DNA. E quase nenhuma dessas provém, em sua forma ativa, diretamente do que você come.Ou seja, são necessárias reações químicas realizadas pelo nosso organismo, para que possamos transformar essas moléculas em substâncias que exercem efeito sobre o funcionamento do nosso corpo. Isso é o que chamamos de metabolismo - as reações que o nosso organismo faz para se manter vivo.Para isso consumimos e gastamos energia - a qual chamamos hoje de caloria. O balanço energético - consumo x gasto -  é o que nos permitiu sobreviver como espécie humana, pois para o nosso metabolismo funcionar, precisamos de energia.A energia obtida com a alimentação é o reflexo das calorias ingeridas e também do tipo de alimento - a qualidade alimentar importa - e hoje sabemos que a qualidade do que comemos importa muito mais do que somente as calorias.

Após passar pelo trato gastrointestinal, os nutrientes alimentares atingem a corrente sanguínea e as células dos nossos órgãos e tecidos vão absorver essas moléculas e iniciar as reações metabólicas. Por isso, é essencial estabelecer uma nutrição adequada para o seu corpo.As reações metabólicas constroem hormônios, enzimas e substâncias que serão usadas para manter o corpo vivo. As células do ovário, por exemplo, extraem o colesterol da circulação sanguínea, usam como substrato para formar o estrogênio, e este será liberado no sangue onde iniciará as suas funções que afetam todo o corpo. De forma semelhante, o pâncreas coleta aminoácidos (provenientes das proteínas) da circulação e produz a insulina e outras enzimas digestivas que serão liberadas e usadas conforme a necessidade do organismo.Há duas vias metabólicas: o catabolismo e o anabolismo. No processo catabólico há a quebra de moléculas complexas. Ele é natural e ininterrupto.
Existem alguns hábitos que podem provocar reações catabólicas, como:

  • Pular refeições e, com isso, ficar muito tempo sem comer
  • Alimentação desequilibrada com predomínio de alimentos processados, gordura saturada e açúcar adicionado
  • Exercício físico em excesso sem oferecer descanso de qualidade ao corpo
  • Estilo de vida estressante, sem conseguir relaxar e ter momentos de lazer

Já o processo anabólico usa energia do corpo para produzir reações químicas que constroem moléculas complexas a partir de compostos menores. A síntese proteica, a construção de tecidos e o desenvolvimento da massa muscular são processos anabólicos.

Alcançar o equilíbrio entre catabolismo e anabolismo é o que vai determinar um balanço energético saudável. Se a alimentação de um indivíduo contém mais calorias do que ele precisa gastar para manter o corpo funcionando, haverá armazenamento da energia excedente e, consequentemente, ganho de peso. Por outro lado, quando a alimentação é insuficiente e não supre o gasto energético necessário para o corpo funcionar, o organismo recorre às suas reservas para continuar seus processos e começa a economizar e lentificar o seu funcionamento, o que torna o metabolismo lento.

Dificuldade em perder peso, cansaço excessivo, falta de disposição?
Conheça a experiência LitiHomem-preparando-uma-salada
Quer saber mais sobre o tema:
Alimentação saudável
?
Newsletter Assuntos em Alta

Idade metabólica ou Taxa de Metabolismo Basal (TBM)

Caloria é a forma que usamos para medir a energia que o corpo consome e gasta para realizar o seu trabalho. E o metabolismo é medido pela quantidade de energia que gastamos para realizar nossas reações moleculares, e consequentemente, a atividade corporal.

A velocidade com a qual as suas células realizam esse trabalho determina a sua taxa metabólica - a caloria usada por minuto. E as calorias necessárias para manter as suas funções vitais é o que chamamos de taxa metabólica basal - corresponde a cerca de 70% do seu gasto total de energia diária.

O seu gasto energético depende da taxa metabólica basal, do efeito térmico dos alimentos (quanto o nosso corpo gasta para mastigar, digerir e metabolizar o alimento), da atividade e do exercício físicos.

Entender o que é o metabolismo é essencial para compreender como a alimentação afeta a sua saúde e o modo como o seu corpo usa energia (popularmente conhecido como, queimar calorias).

O que é metabolismo lento: o que é e quais os sinais

Metabolismo lento é um termo frequentemente usado para descrever uma taxa metabólica basal (TMB) mais baixa do que a média. Indivíduos com um metabolismo lento gastam menos energia para o funcionamento do organismo e por isso o acúmulo de energia (caloria), principalmente devido à ingestão alimentar ocorre com maior facilidade nesses indivíduos, o que pode afetar o controle de peso e a energia no gera

Fatores que Influenciam o Metabolismo:

Genética: alguns indivíduos nascem com um metabolismo mais lento devido à genética.Idade: à medida que envelhecemos, nosso metabolismo tende a desacelerar, principalmente devido à perda de massa muscular.Composição corporal: pessoas com mais músculos queimam calorias mais rapidamente, mesmo em repouso.Nível de atividade: o sedentarismo contribui para um metabolismo mais lento, enquanto a prática regular de atividade física, especialmente de exercícios que constroem músculos, podem acelerá-lo.

Metabolismo lento: quais são os sintomas 

  • Dificuldade em perder peso.
  • Ganho de peso.
  • Fadiga crônica.
  • Cabelos e unhas frágeis.
  • Sensibilidade ao frio.

O que fazer para acelerar o metabolismo?

Duas mulheres treinando

Quando falamos em acelerar o metabolismo, seria aumentar a velocidade com que as reações do nosso corpo ocorre, esse aumento, teoricamente levaria a um maior gasto de energia.

No entanto, esse aumento precisa ser significativo para que o emagrecimento ocorra. Além disso, o aumento deve ser mantido, com constância, por um longo período para ter relevância em sua composição corporal.

Podemos lançar mão de algumas estratégias - e aqui sempre temos que considerar a individualidade de cada um, e também o que temos de evidência científica sobre o assunto - a alimentação, a massa muscular e a composição do tecido adiposo (gordura do corpo).

Quanto aos alimentos, aqueles ricos em cafeína (café, chá verde e suas derivações) são alguns dos mais estudados por terem a capacidade de aumentar o metabolismo. Outro alimento é a pimenta.

Já o aumento da massa muscular eleva o gasto calórico do corpo e aumenta também o gasto energético durante o exercício físico. E a nossa gordura corporal, que antes pensava-se que tinha a função de armazenar energia e de nos proteger contra o frio, hoje sabemos que ele é metabolicamente ativo, participa de reações hormonais do nosso corpo, podendo atuar na regulação do apetite, na sensibilidade à insulina e no gasto energético.

Mulher-abrindo-liti-box
Seu copiloto para um novo estilo de vida
Conte com um cuidado contínuo para perder peso e viver com saúde.
Conheça a Liti
Descubra o plano para você
logo-spotifylogo-instagramlogo-youtubelogo-linkedin
Logo-liti
CNPJ: 41.932.733/0001-41
descubra o plano para você