Saúde

Quem deve fazer o teste genético?

Publicado em:

22/12/2023

Atualizado em:
28/12/2023
Para quem é indicado realizar o teste genético?

Os testes genéticos podem ser realizados por diversas razões e são úteis em múltiplos contextos clínicos e pessoais. No entanto, não são necessários ou recomendados para todos. Eis algumas situações em que os testes genéticos podem ser particularmente relevantes:

Indivíduos com Histórico Familiar de Doenças Genéticas

Pessoas com histórico de doenças hereditárias, como certos tipos de câncer, doenças cardíacas genéticas, doenças neurológicas ou distúrbios metabólicos na família, podem ser encaminhadas para testes genéticos para avaliar seu próprio risco.

Casais Planejando Ter Filhos

Testes genéticos podem ser recomendados para determinar se os pais são portadores de alelos que poderiam levar a desordens genéticas em seus filhos.

Grávidas ou Mulheres Planejando a Gravidez

Testes genéticos pré-natais podem ser oferecidos para identificar anormalidades genéticas ou cromossômicas no feto, como síndrome de Down ou fibrose cística.

Pessoas com Sintomas Não Diagnosticados

Indivíduos com doenças não diagnosticadas que podem ter uma etiologia genética podem se beneficiar de testes genéticos para um diagnóstico preciso e um plano de tratamento personalizado.

Indivíduos Adotados sem Informações de História Familiar

Testes genéticos podem fornecer informações valiosas sobre a predisposição a certas doenças para adotados que não têm acesso a um histórico médico familiar completo.

Pacientes que Necessitam de Tratamento Personalizado

Para algumas condições, como certos tipos de câncer, os testes genéticos podem ajudar os médicos a escolher os tratamentos mais eficazes e personalizados.

Pessoas Interessadas em Genealogia ou Ancestralidade

Testes genéticos estão disponíveis para aqueles que desejam saber mais sobre suas origens étnicas ou encontrar parentes biológicos.

Considerações Importantes ao Optar por Testes Genéticos

  • Aconselhamento Genético: Para muitas condições, os testes genéticos devem ser acompanhados por aconselhamento pré e pós-teste de um conselheiro genético ou especialista em genética médica.
  • Privacidade e Consentimento Informado: Deve-se discutir sobre privacidade e riscos potenciais, como questões de seguros de saúde e emprego e a possibilidade de encontrar informações surpreendentes ou angustiantes.
  • Precisão e Validade dos Testes: Nem todos os testes genéticos são criados iguais; alguns têm mais validade clínica e utilidade do que outros.

Dificuldade em perder peso, cansaço excessivo, falta de disposição?
Conheça a experiência LitiHomem-preparando-uma-salada
Newsletter Assuntos em Alta

Conclusão

A decisão de realizar testes genéticos deve ser cuidadosamente considerada e idealmente feita com o auxílio de um médico ou profissional especializado em genética. O teste pode fornecer informações valiosas para a saúde e a tomada de decisões médicas, mas os resultados precisam ser interpretados dentro do contexto mais amplo da saúde e histórico médico individual do paciente.

Newsletter Assuntos em Alta
Mulher-abrindo-liti-box
Seu copiloto para um novo estilo de vida
Conte com um cuidado contínuo para perder peso e viver com saúde.
Conheça a Liti
Descubra o plano para você
Liti Saúde

Escrito por

Liti Saúde
Artigo em revisão médica
logo-spotifylogo-instagramlogo-youtubelogo-linkedin
Logo-liti
CNPJ: 41.932.733/0001-41
descubra o plano para você