Saúde

Terapia com testosterona: o que é e como funciona

Publicado em:

21/12/2023

Atualizado em:
22/12/2023
Explicação sobre Terapia com Testosterona: Seu Funcionamento e Aplicações

A testosterona é crucial para o desenvolvimento sexual e a saúde em homens e mulheres, com terapia indicada principalmente para tratar hipogonadismo em homens. O uso terapêutico deve ser cuidadoso, com diagnóstico médico e acompanhamento para evitar efeitos colaterais e garantir segurança.

A Importância da Testosterona

A testosterona é um hormônio importante tanto para homens quanto para mulheres. Nos homens desempenha um papel fundamental no desenvolvimento dos órgãos sexuais, no crescimento muscular, na produção de espermatozoides e no aparecimento de características masculinas, como a presença de barba e a voz mais grave. Nas mulheres a testosterona também é produzida, mas em menor quantidade, sendo relevante para a saúde sexual e a manutenção da massa muscular, por exemplo.

Terapia com Testosterona na Medicina

Na medicina, a terapia com testosterona é indicada em casos específicos. Em homens pode ser prescrita para tratar a deficiência desse hormônio, conhecida como hipogonadismo, que pode ser do tipo primário (quando há baixa produção de testosterona pelos testículos) ou secundário (quando existe disfunção no eixo hipotálamo-hipófise). Esse diagnóstico é feito por meio de pelo menos duas medidas em exames de sangue que avaliam os níveis hormonais, além da avaliação dos sintomas clínicos apresentados pelo indivíduo. O acompanhamento médico é essencial para monitorar a eficácia do tratamento e ajustar as doses conforme necessário.

Alerta Sobre Uso Indevido da Testosterona

É importante ressaltar que a terapia com testosterona não deve ser utilizada para aumentar a performance atlética ou muscular em pessoas saudáveis, pois isso pode acarretar em efeitos colaterais indesejados. Em homens, os possíveis efeitos colaterais incluem: o aparecimento de acne, aumento da próstata, diminuição da contagem de espermatozóides e alterações nos níveis de colesterol. Nas mulheres, por sua vez, o uso indevido de testosterona pode levar ao crescimento excessivo de pelos no corpo, alterações no ciclo menstrual e alterações nas características femininas.

Contraindicações e Acompanhamento Médico

Existem algumas contraindicações para o uso da testosterona, como o câncer de próstata ou de mama, patologias envolvendo o fígado e insuficiência cardíaca grave. Por isso, é fundamental que o acompanhamento médico seja feito de forma conjunta, para avaliar se a terapia é apropriada e monitorar possíveis efeitos adversos.

Dificuldade em perder peso, cansaço excessivo, falta de disposição?
Conheça a experiência LitiHomem-preparando-uma-salada
Newsletter Assuntos em Alta

Conclusão: Uso Responsável da Testosterona

A testosterona desempenha papéis importantes no organismo masculino e feminino. Seu uso terapêutico deve ser realizado mediante diagnóstico médico adequado e acompanhamento contínuo, de modo a evitar efeitos colaterais indesejados e garantir a segurança do paciente.

Newsletter Assuntos em Alta
Mulher-abrindo-liti-box
Seu copiloto para um novo estilo de vida
Conte com um cuidado contínuo para perder peso e viver com saúde.
Conheça a Liti
Descubra o plano para você
logo-spotifylogo-instagramlogo-youtubelogo-linkedin
Logo-liti
CNPJ: 41.932.733/0001-41
descubra o plano para você